quinta-feira, 22 de abril de 2010

Boca


Sonhou que de seus lábios saiam rosas
Ao acordar sentiu um gosto doce em sua boca
Sabia que era o desejo contido entre os espinhos
Sentia seus arranhões no arder da pele
Sim
Desejo é boca aberta
Sabor que delira antes de sentir

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget